Windows 10: perguntas e respostas sobre a atualização

A Microsoft lançou hoje o Windows 10 para todo mundo: ele é uma atualização gratuita para quem possui uma versão legítima do Windows 7 ou 8, e deve chegar a um bilhão de computadores.

Por isso, há várias dúvidas que vale a pena esclarecer sobre o novo sistema. Como funciona essa atualização gratuita? Qual versão vou receber? E quais são as novidades? Reunimos isso e mais a seguir.

Antes de tudo, nós recomendamos que você espere um pouco antes de instalar a atualização: ao testar o Windows 10, nós encontramos alguns bugs no sistema, em programas e em drivers – eles devem ser resolvidos em algumas semanas.

Mas, se você tiver um espírito aventureiro e não tiver medo de bugs, pode instalar agora mesmo a atualização com uma ferramenta da Microsoft – basta seguir este passo a passo.

Quais as novidades do Windows 10?

Windows 10 no laptop

De cara, você vai notar duas coisas. O menu Iniciar está de volta, desta vez com blocos dinâmicos e redimensionável. E a Central de Ações reúne notificações de outros programas, e permite acessar configurações rápidas na parte inferior.

Na barra de tarefas, você encontrará o ícone da Loja, que agora oferece apps, música e vídeos em um só lugar; e o Microsoft Edge, navegador web exclusivo para o Windows 10, que funciona mais rápido e permite fazer anotações à caneta nas páginas.

No Windows 10, os apps Metro podem ser redimensionados e tratados como janelas. Vários deles foram atualizados – incluindo o Groove Música, Vídeo, Clima, Notícias, Email e Calendário. Além disso, o app do Xbox agora permite gravar vídeos de jogos com o Game DVR, e fazer streaming de jogos do Xbox One no seu computador.

Além disso, temos o Continuum – um modo dedicado para tablets que se ativa automaticamente – e a assistente pessoal Cortana, que deve ser lançada para Insiders em português brasileiro ainda este ano. E isso não é tudo! Confira todas as novidades neste link.

Quais recursos serão removidos pelo Windows 10?

A Microsoft fez uma lista do que o Windows 10 irá remover. Isso inclui o Windows Media Center, que foi abandonado em 2009 e não rodará no novo sistema – troque-o por uma destas alternativas.

Os gadgets de área de trabalho do Windows 7 também foram retirados; boa parte da funcionalidade deles – como calendário e previsão do tempo – é facilmente substituída por blocos dinâmicos no menu Iniciar.

E, se você costuma jogar Paciência, Campo Minado e Copas no Windows 7, diga adeus a eles… e olá para as versões modernas, chamadas “Solitaire Collection” e “Minesweeper”, disponíveis gratuitamente na Loja.

A atualização é gratuita por um ano. Isso significa que, depois de um ano, o usuário precisa pagar?

Não. Isso significa que você só poderá obter o Windows 10 gratuitamente se atualizar até 29 de julho de 2016. Mas, se você instalar o sistema antes dessa data, ele continuará sendo seu – e continuará gratuito. A Microsoft explica:

Sim, é gratuita. É uma versão completa do Windows, e não uma versão de avaliação ou introdutória. A disponibilidade é por tempo limitado: você tem até 29 de julho de 2016 para aproveitar esta oferta. Depois que a atualização for concluída, você terá o Windows 10 gratuitamente no dispositivo.

Gabe Aul, da Microsoft, garante que não haverá cobranças anuais nem algo do tipo. E Terry Myerson, chefe de sistemas operacionais da empresa, disse em janeiro: “uma vez que um dispositivo com Windows estiver atualizado para o Windows 10, vamos continuar a mantê-lo atualizado por toda a vida do dispositivo – sem nenhum custo”.

É possível voltar para o Windows 7 ou 8 se o usuário não gostar do Windows 10?

Sim. Segundo a Microsoft, você terá um mês para voltar à versão anterior do Windows no seu computador.

Para remover o Windows 10, faça o seguinte:

Vá em Configurações > Atualização e segurança > Recuperação. Na parte “Voltar para uma versão anterior”, clique em “Introdução”. Aparecerão as seguintes opções:

Retirar o Windows 10 (2)

Clique em uma delas e depois em Avançar. O Windows avisa que, ao voltar para a versão anterior (7 ou 8), você não perderá seus arquivos, mas terá que reinstalar alguns programas. Clique em Avançar e siga as instruções; no final do processo, você estará de volta ao seu sistema antigo.

Retirar o Windows 10

E para quem está no Windows XP ou Vista, quanto custa o Windows 10?

A atualização gratuita só vale para quem possui uma cópia legítima do Windows 7 ou 8. Se você está rodando um sistema mais antigo, precisa pagar pelo Windows 10.

A versão completa do Windows 10 Home custa R$ 330. Enquanto isso, o Windows 10 Pro custa R$ 560. A Microsoft também vende a licença do Windows 8, só que ela custa mais caro (R$ 359 e R$ 610 pelas versões normal e Pro, respectivamente).

Usuários piratas podem atualizar para o Windows 10?

Oficialmente, não. Terry Myerson, chefe de sistemas operacionais da Microsoft, diz no blog da Microsoft: “a nossa oferta para atualizar gratuitamente para o Windows 10 não se aplica a dispositivos rodando cópias não-genuínas do Windows”.

Repare que, sim, é possível atualizar uma cópia pirata usando aquela ferramenta da Microsoft. No entanto, ela não deixará de ser pirata: nas configurações, você verá o aviso de que é preciso ativar o Windows.

Windows 10 pirata

Será impossível personalizar o sistema, e talvez você tenha problemas em baixar apps da Loja. Depois de algum tempo, o Windows provavelmente exibirá avisos pedindo para que você regularize a situação comprando uma cópia do sistema.

Quais são os requisitos mínimos para atualizar?

São estes:

Processador: Processador de 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido
RAM: 1 gigabyte (GB) para 32 bits ou 2 GB para 64 bits
Espaço em disco rígido: 16 GB para 32 bits ou 20 GB para 64 bits
Placa gráfica: DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0
Tela: 1024×600

Qual versão do Windows 10 eu vou receber?

Esta é a tabela de atualização para o Windows 7 e 8.1:

Windows 10 - versoes de atualizacao

Quais as diferenças entre as versões Home e Pro?

A Microsoft lista neste site quais são as diferenças entre Home e Pro: ambas possuem o menu Iniciar, navegador Microsoft Edge, áreas de trabalho virtuais, Cortana (em determinados países) e mais. No entanto, só o Windows 10 Pro tem recursos avançados como BitLocker, desktop remoto, Hyper-V, suporte a Azure Active Directory, entre outros.

E quanto ao Windows RT?

O Windows RT vem instalado no tablet Lumia 2520 e em alguns modelos do Microsoft Surface. Ele não permite instalar programas desktop tradicionais como o Google Chrome ou o Photoshop, e é feito para processadores ARM.

Ele não será atualizado para o Windows 10. Em vez disso, a Microsoft vai oferecer uma atualização via Windows Update em setembro de 2015 “que aprimorará o menu Iniciar e a tela de bloqueio”, segundo a empresa. Nada de Microsoft Edge, Cortana ou coisas do tipo.

Quem atualizar para o Windows 10 e depois quiser fazer uma instalação limpa será obrigado a voltar ao Windows 7/8 e atualizar de novo?

Não. Ao atualizar seu PC pela primeira vez, ele ganha uma licença do Windows 10. Quando você instalar o sistema do zero, ele vai reconhecer seu computador e nem deve pedir uma chave de produto. A Microsoft explica:

Você não precisará de uma chave do produto (product key) para reativações no mesmo hardware. Se você fizer uma alteração significativa no hardware, talvez seja necessário contatar o suporte ao cliente para facilitar a ativação.

Eu testei o Windows 10 durante o programa Insider. Ele vai continuar?

Sim! Dessa forma, será possível testar recursos antes que sejam distribuídos a todos os usuários do Windows 10.

Para ativar o Insider, vá até Configurações > Atualização e Segurança > Windows Update > Opções avançadas. Lá, você encontrará a opção “Receber compilações de participantes do programa Windows Insider”. Se você ainda não estiver cadastrado no programa, clique em “Introdução”.

Insider no RTM

Se você já fazia parte do Insider, poderá escolher se vai receber atualizações beta no grupo Lento (mais estável) ou Rápido (novidades vêm mais rápido).

Insider no RTM (2)

Gabe Aul, chefe do programa Windows Insider, explica que “cada build individual irá expirar depois de um tempo, mas você vai continuar a receber novas builds – quando uma delas expirar, você já terá recebido uma nova”. Ou seja, trata-se de uma cópia genuína, mas de testes. Gabe avisa que “o Windows 10 se destina a ser instalado em dispositivos com Windows genuíno”.


Você tem mais alguma dúvida? Compartilhe nos comentários abaixo.

O post Windows 10: perguntas e respostas sobre a atualização apareceu primeiro em Gizmodo Brasil.

Publicado em Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Comentários

    Categorias